Prefeitos se reúnem por projeto de dragagem da Barra do Camacho

Publicado em 03/03/2021 às 15:38 - Atualizado em 03/03/2021 às 15:38

A elaboração do projeto de dragagem da Barra do Camacho segue na pauta dos municípios. Na última sexta-feira (26), um encontro na sede da Associação de Municípios da Região de Laguna (AMUREL) tratou do tema pela primeira vez desde a posse dos novos gestores municipais, em 1º de janeiro. O objetivo foi definir o andamento da captação de recursos.


Estiveram presentes o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli; o prefeito de Jaguaruna, Laerte Silva dos Santos; e o vice-prefeito de Laguna, Rogério Medeiros. Estima-se que 1.500 pessoas vivam diretamente da pesca na região.


Foi aprovado um plano de quatro etapas de trabalho complementares, com possibilidade de início das obras imediatamente.


Etapa 1: Jaguaruna iniciará a operação-teste da draga, recuperada pelo município e disponível para uso. Será possível avaliar a eficiência do equipamento, o estado do conjunto maquinário e comprovar a vazão de dragagem. Nesta etapa o município assume os gastos iniciais de operação;
Etapa 2: A AMUREL renovará a solicitação de emenda parlamentar de R$ 13 milhões à bancada de Santa Catarina para a execução total da obra de dragagem, enrocamento e estudos hidrológicos de maré;
Etapa 3: O grupo de prefeitos, em comitiva, deverá agendar, através do deputado José Milton Scheffer, reunião com o governador do Estado para pleitear repasse de R$ 5 milhões para custos emergenciais da dragagem da Barra do Camacho. Conforme projeto proposto pela AMUREL, este valor contemplaria o enrocamento do lado norte e a dragagem até interior da lagoa, totalizando 80.000 m³ e aproximadamente 1.500 m de comprimento de canal dragado.
Etapa 4: A AMUREL atualizará os orçamentos, separando as etapas de execução e detalhamento para início das obras, retirando a etapa de avanço dos molhes em mar aberto.