Compartilhar share

FECAM promove Seminário de Licitações Públicas Municipais

Publicado em 27/01/2006 às 00:00 - Atualizado em 15/10/2014 às 15:19


A FECAM reúne no dia 31 de janeiro, os prefeitos catarinenses e os técnicos responsáveis pelo setor de compras dos municípios (pregoeiros), para discutir a modalidade de licitação pública: Pregão, no Seminário de Licitações Públicas Municipais: Pregão presencial e eletrônico, promovido em parceria com a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e associações microrregionais. O seminário acontece a partir das 9h, no Hotel Cambirela em Florianópolis.

A FECAM promoverá durante o seminário, às 11h, uma sessão pública de Pregão Eletrônico do Município de Biguaçu, para a compra de medicamentos. Os prefeitos e técnicos do setor de compras dos municípios poderão acompanhar a etapa de lances do pregão e toda a negociação. Os fornecedores poderão diminuir suas propostas iniciais, reduzindo assim o valor que o município desembolsará na aquisição dos medicamentos. A transmissão da sessão será feita em telões instalados no auditório do evento.

A Federação quer apresentar para os gestores municipais as vantagens em realizar contratações de bens (medicamentos, merenda escolar, combustível) e serviços comuns (limpeza, transporte escolar, coleta de lixo) por meio da Internet, já que a modalidade de licitação ganhou uma versão eletrônica.

Segundo o secretário executivo da FECAM, Celso Vedana, os participantes perceberão algumas vantagens como economia, agilidade, transparência e redução de custos. O assessor lembra ainda, que municípios que já utilizam o portal obtiveram economia superior a 20% em relação ao preço estimado, justificando a enorme vantagem na utilização do Pregão Eletrônico nas compras da Administração Pública.

O diretor executivo da Confederação, James Matos, participará do seminário para apresentar aos prefeitos o sistema CidadeCompras. Outro tema em debate refere-se a revolução nas compras municipais com a modalidade de Pregão. Este assunto será abordado pelo consultor jurídico da FECAM, Joel Menezes Niebuhr.

Fonte: Assessoria de Imprensa da FECAM


Galeria de Arquivos