Compartilhe

Amurel busca habilitar Consórcio Intermunicipal Multifinalitário a conceder adesão ao Sisbi

Publicado em 11/09/2019 às 09:59 - Atualizado em 11/09/2019 às 09:59

O diretor executivo da Amurel Celso Heidemann, o coordenador administrativo Everson Guimarães e o veterinário da prefeitura de Santa Rosa de Lima Luiz Miguel Rech dos Santos estiveram recentemente reunidos com representantes da Superintendência Federal de Agricultura em Santa Catarina, Túlio Tavares Santos, Michel Assis e Antônio Carlos Dias de Castro. No encontro iniciaram as tratativas para capacitar e habilitar o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário – CIM/Amurel a se tornar o órgão responsável pela certificação sanitária dos empreendimentos nos municípios associados.

Segundo a comitiva da Amurel, os representantes da Superintendência demonstraram-se muito solícitos e interessados em contribuir no que estiver ao seu alcance para que o CIM consiga atingir o objetivo. Há outros consórcios, inclusive em Santa Catarina, que já atuam desempenhando a função que o CIM busca habilitar-se.

A Amurel recebeu algumas orientações dos técnicos da Superintendência sobre como proceder daqui para frente. Num primeiro momento, a meta é padronizar a legislação dos municípios (Serviço de Inspeção Municipal). Esse trabalho deverá iniciar pelo próprio município onde o servidor atua, no caso, Santa Rosa de Lima.

Ao mesmo tempo, a Amurel já disponibilizou sua assessoria de convênios para buscar a captação de recursos, necessários para estruturar a parte física e operacional do CIM. Os integrantes da Superintendência se prontificaram a viajar a Brasília junto com a comitiva do CIM para facilitar a liberação de recursos próprios do Ministério da Agricultura, e não via emendas parlamentares.

Em outra fase da implantação, os técnicos da Superintendência sugeriram um evento de mobilização regional, que a princípio está definido para acontecer em Rio Fortuna.

Cumpridas todas as etapas, o CIM deverá conquistar o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi), que faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (Suasa). Ele padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar. Estados, o Distrito Federal e os municípios podem solicitar a equivalência dos seus Serviços de Inspeção com o Serviço Coordenador do Sisbi. Para obtê-la é necessário comprovar que têm condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Ministério da Agricultura. Conquistar esta estrutura necessária para ter as condições de avaliação da qualidade e inocuidade é a meta do CIM/Amurel. Depois disso, as empresas agropecuárias da região que queiram comercializar seus produtos para outros municípios de Santa Catarina ou para outros estados da federação poderão solicitar Adesão ao SISBI com o CIM/Amurel. Atualmente este serviço fica a cargo da Cidasc.

 --

Álvaro Dalmagro- Assessoria de Comunicação- Amurel


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Rua Rio Branco, 67, Vila Moema, Tubarão - SC
CEP: 88705-160